O governador Reinaldo Azambuja cumpriu agenda nesta segunda-feira (23.4) em Jateí e Vicentina, na região Sul do Estado, entregou obras, assinou ordens de serviço e anunciou investimentos em pavimentação e habitação.

VICENTINA

Em Vicentina, o governador Reinaldo Azambuja assinou ordem de início de serviço de uma obra de R$ 1,983 milhão para pavimentação, restauração e drenagem. Serão pavimentadas as ruas Antônio Euzébio, LR, José Amancio de Souza, Rua Sem Nome e ruas D, E, F e G.

Já o recapeamento será feito nas ruas Professora Elza Farias Kintschev, Valdelice J. Barros, Costa e Silva, Antônio Roberto Dias, Santa Maria, Weimar G. Torres, Americo Brigatti, Arlinda Lopes Dias, Jair Pinheiro, Prof. Bernardo Baur, José G. Pereira, Vicente Palotti, José G. Pereira, Hanay Yassunaka, Travessa Silvino Barbosa, Jubelino Mamédio, José Antonio da Silva e Lili Batista de Araújo.

Reinaldo Azambuja também visitou a construção de 100 casas no loteamento Barreirão. As unidades habitacionais estão sendo construídas por meio do Programa Minha Casa Minha Vida e tem previsão de entrega para agosto de 2018. O investimento é de R$ 7,4 milhões, sendo R$ 1,5 milhão do Governo do Estado.

Participaram das agendas o deputado federal, Geraldo Resende; deputados estaduais, Onevan de Matos, Eduardo Rocha, Zé Teixeira, Barbosinha e Grazielle Machado; secretário de Estado de Infraestrutura, Helianey Paulo Silva; além de prefeitos e vereadores da região.

Paulo Fernandes e Paulo Yafusso – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

O Ministério da Saúde empenhou nesta quinta-feira (19) em favor do Fundo Municipal de Saúde de Vicentina o valor de R$ 200 mil para a aquisição de equipamentos para as Unidades Básicas de Saúde da cidade. O recurso corresponde a uma emenda do deputado Geraldo Resende (PSDB), alocada para o Orçamento Geral da União para este ano.

Com o valor o município vai adquirir três autoclaves horizontais de mesa, três seladoras, megaloscópio, dois ultrassons odontológicos, fotopolimerizador de resina, mobiliário de escritório, 11 ar condicionados, sete computadores, dentre outros.  Para o prefeito Marcos Hermenegildo “o deputado Geraldo Resende sempre esteve presente em Vicentina com ações e investimentos. Ele não aparece na cidade apenas em época de eleição, ele tem trabalho para o município”, afirmou.

Os equipamentos serão instalados nas unidades básicas de saúde de São José, Bairro Vista Alegre e Vila Rica. “Por ser médico, sei que mais de 80% das doenças que acometem nossa população podem ser tratadas nas unidades de saúde. São os postos de saúde que estão mais próximos das famílias. Quando recebi esta demanda, a priorizei porque sabia que estaria atendendo as pessoas que mais precisam naquilo que é mais importante: a saúde”, explicou Resende.

Para o município, o parlamentar já destinou mais de R$ 2,4 milhões, parte desses recursos foram utilizados para ações em saúde pública como a construção de nova Unidade Básica de Saúde no Altos do Barreirão, a  ampliação das Unidades Básicas de Saúde do Bairro Vista Alegre, do Distrito de Vila São José e do Distrito de Vila Rica, além da reforma do Hospital Municipal “Maria dos Santos Bastos”. 

O serviço de Acolhimento Familiar, prescrito pelo Estatuto da Criança e do Adolescente como prioritário, está em franca expansão em Mato Grosso do Sul. Atualmente, 26% dos municípios do Estado tem o Programa “Família Acolhedora” em andamento ou está em vias de implantação. O serviço é simples mas muito eficaz ao que se propõe, ao mesmo tempo em que estimativas apontam ser, pelo menos, 50% mais econômico do que o modo tradicional de acolhimento.

Por meio do serviço de Acolhimento Familiar as crianças e adolescentes – temporariamente afastados dos pais biológicos por determinação judicial – são colocadas em famílias da própria comunidade. Porém, essas famílias são previamente selecionadas, capacitadas, remuneradas e acompanhadas durante e ao final do acolhimento. O que aquelas crianças encontram nessas famílias é algo que só mesmo uma família pode dar, amor e afeto, algo básico no ambiente familiar, porém fundamental para aquele momento difícil pelo qual está passando o acolhido.

O aumento da opção pelo acolhimento familiar em Mato Grosso do Sul não é algo surgido da noite para o dia e nem decorre apenas da imposição prevista no ECA. Nos últimos anos, o Poder Judiciário do MS tem investido na divulgação desta forma de acolhimento, levando aos gestores municipais e à comunidade em geral que atua com essa temática o conhecimento sobre a existência, as vantagens, o modo de implantação e acompanhamento do Família Acolhedora. Para tanto, basta lembrar que foram realizados há pouco tempo no Estado dois Encontros Internacionais acerca do assunto. Do mesmo modo, em Mato Grosso do Sul, na comarca de Camapuã, está um dos pioneiros serviços do país, com quase 16 anos de acolhimento de crianças exclusivamente em Famílias Acolhedoras.

Recentemente, o município de São Gabriel do Oeste passou a incluir a temática em sua agenda, discutindo o assunto com a comunidade. No último dia 22 de março, foi realizada na Câmara Municipal uma audiência pública para apresentar a proposta para a população. O juiz da comarca de Camapuã, Deni Luis Dalla Riva, esteve presente, auxiliando na compreensão do assunto e debatendo com a população local.

“Constatar que Mato Grosso do Sul tem 26% de seus municípios já executando ou em fase de implantação do serviço de acolhimento familiar é algo que nos deixa extremamente entusiasmados”, explica o juiz.

Segundo ele, já estão com o Acolhimento Familiar em plena execução os municípios de Camapuã, Fátima do Sul, Laguna Carapã, Figueirão, Vicentina, Três Lagoas, Jateí e Alcinópolis. Ao passo que estão em fase de implantação Campo Grande, Dourados, Coxim, Pedro Gomes, Itaporã, Bataguassu, Mundo Novo, Aquidauana, Sidrolândia, Nova Alvorada do Sul, Antônio João, Bandeirantes e São Gabriel do Oeste.

Um ponto importante, segundo o magistrado, é ter em mente que as Famílias Acolhedoras não devem ser tratadas como voluntárias. A colocação de uma nova criança naquele ambiente familiar implica em aumento de custos. Portanto, essas famílias deverão receber um incentivo financeiro compensatório. Mas não deve ser esta, obviamente, a motivação principal. “A família deve ser tocada primeiro pelo desejo de ajudar, de ser fraterna, de ter compaixão com os necessitados. A questão da remuneração não pode estar à frente destes sentimentos”.

Estudos apontam que o acolhimento de crianças em ambiente familiar é significativamente mais vantajoso do que o acolhimento em instituições, principalmente nos primeiros anos de vida, havendo um melhor desenvolvimento das relações de afeto e apego, o que repercutirá por toda a vida do indivíduo.

Com o apoio da Prefeitura Municipal de Vicentina o lutador Vicentinense Gustavo Oliveira participará do Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu de Abu Dhabi 2018, que acontece nos dias 16 a 28 de abril. O evento acontece na capital do Emirados Árabes, reunindo atletas de alto nível oriundos de diversos países.

O atleta Gustavo Oliveira estará disputando na categoria faixa roxa até 110kg e será disputado na Mubadala Arena Zayed Sports City, Abu Dhabi, UAE, ele estará viajando nesse dia 11 de abril.

O prefeito Marquinhos do Dedé, destaca que o Governo Municipal tem se esforçado para apoiar as mais diversas iniciativas esportivas. “Estamos empenhados a incentivar nossos atletas, porque o esportista vive com mais qualidade de vida, mais saúde, longe de drogas e problemas causados pelo sedentarismo. Nós estamos empenhados para receber todos os atletas não somente do futebol mas também do jiu jitsu, da capoeira, do voleibol, danças e outros esportes também têm tido muito apoio da nossa gestão", destacou.

As categorias de base da Secretaria de Cultura, Esportes e turismo do Município de Vicentina participaram do primeiro amistoso de 2018 realizado contra a equipe de Culturama da escolinha do Professor Mamede.

Os jogos aconteceram no último sábado (07), no Centro de Múltiplo Uso (Poli Esportiva). Foram três jogos, sendo eles Sub-10, Sub-13 e Sub-16. No 1º jogo a equipe sub-10 de Vicentina empatou em (2 a 2), destaque para o aluno Gustavo Tardin que foi autor dos 2 gols, o 2º jogo foi a categoria sub-13 que acabou sendo goleada pelo placar de (8 a 2) já o 3º jogo foi a partida mais eletrizante que ficou por conta da categoria sub-16 que acabou perdendo de (7 a 6), destaque para o aluno Fabrício autor de 03 gols

Página 2 de 4

Links